Test 1 Tópicos Populares do Cote Compare

Seguro para portáteis: Veja como você pode fazer seguro para seus bens

A tecnologia cabe hoje na palma da mão. Smartphones, tablets, notebooks, netbooks e câmeras fotográficas guardam as nossas memórias, permitem que as empresas sejam geridas online e conectam as pessoas em diferentes partes do mundo.



Porém, cada vez mais modernos, com materiais caros e mais personalizados, e com tecnologias de última geração, estes equipamentos têm custado valores cada vez mais elevados, sugerindo cuidados e seguros específicos. Por serem tão presentes no nosso cotidiano, estão em constante risco de queda, e são também os mais visados em furtos ou roubos, por serem visivelmente fáceis de carregar, desmontar e revender.

Assim, com os aparelhos eletroeletrônicos adquirindo cada vez mais importância e se tornando bens indispensáveis à nossa vida cotidiana, além de constante alvo de furtos e roubos, a oferta de seguro para portáteis pode ser facilmente encontrada no mercado, seja por meio de seguradoras e de bancos, seja por meio dos serviços oferecidos pelas próprias lojas onde os produtos são adquiridos.

Pensando nisso, vale questionar: o que é que você precisa para fazer o seguro para portáteis? É muito simples. Vejamos esta checklist que preparamos para você:

·         Tenha em mãos a documentação dos eletroeletrônicos que serão segurados! As empresas seguradoras exigirão a apresentação das notas fiscais dos produtos, independentemente de este ter sido adquirido no Brasil ou exterior;

 

·         Escolha com bastante atenção a empresa que você vai contratar – pesquise as ofertantes deste tipo de serviço, compare os planos de seguro, faça uma cotação dos preços dos serviços disponíveis no mercado, e se lembre de sempre verificar a reputação das empresas, ou seja, há quanto tempo estão no mercado, as suas certificações e se os seus clientes estão satisfeitos;

 

·         Escolha o seguro para portáteis que seja mais compatível com as suas necessidades: verifique o tipo de cobertura (acidente, furto etc.), os valores dos planos (e modos de pagamento), se há carência e de quanto é a franquia, caso precise acionar o seguro; entre outros elementos importantes em qualquer tipo de seguro; ou seja, leia o contrato com bastante cuidado, principalmente as letras mais miúdas!). É simples: esteja ciente do que está contratando para evitar surpresas desagradáveis na hora de acionar o seu seguro e para evitar também desgastes com a seguradora, caso queira cancelar ou mudar de plano no futuro.

 

Vale destacar ainda que algumas das seguradoras possuam planos de seguro para portáteis voltados a equipamentos eletrônicos locados, o que abrange e cobre principalmente a necessidade dos comerciantes e empresas que dependem destes aparelhos. Mas, ressalta-se, este tipo de seguro só se faz possível desde que haja vínculo contratual entre o segurado e então locatário com o locador dos aparelhos em questão. Assim sendo, para quaisquer das opções, a melhor forma de se garantir é formalizar a compra ou a locação dos seus equipamentos eletrônicos e com isso garantir também a possiblidade de fazer o seguro para portáteis, seja em banco ou seguradoras especializadas, seja na loja ou revendedor de eletrônicos da sua confiança.

Veja Também

➜ Seguro para portáteis: 2 Formas de fazer seguro para eletroeletrônicos

➜ Seguro para portáteis: Descubra como fazer seguro para seu celular

➜ Seguro para portáteis: Veja como você pode fazer seguro para seus bens