menu
arrow_forward

Como fazer estimativa do seguro automóvel?

Novembro 26, 2019


Quando se quer comprar um carro, uma das prioridades é a realização de um seguro. Apesar de muito importante, nem sempre esse tópico é exigido na compra de um carro. Muitas vezes, o comprador interessado precisa realizar a estimativa em relação ao seguro automóvel, afinal, o capital e algumas vantagens precisam ser estudadas atentamente para quem quer adquirir um seguro automóvel.



Os custos de um seguro automóvel certamente precisam ser colocados dentro de um planejamento financeiro e analisados de acordo com a situação financeira do comprador. Para isso, é necessário saber fazer a estima do seguro automóvel.

Normalmente, essa estimativa é feita por profissionais técnicos e especialistas, isso porque os custos em relação aos seguros são calculados a partir de diversas informações, assim como diversos fatores que podem influenciar no preço final do seu seguro. Toda essa operação é feita em conjunto.

Entretanto, isso significa que você não pode fazer um “pré-cálculo” de quanto irá pagar pelo seguro do seu carro. Mas fique tranquilo! Nesse artigo vamos ajudar a entender melhor sobre o seguro automóvel

Qual o seguro auto mais barato?

Depende do que você considera barato, isso porque uma série de benefícios podem ser exaltadas dependendo do seguro selecionado.

Informações como perfis de motoristas, dimensão de garagem, coberturas, local de residência e índices de furtos podem fazer toda a diferença no cálculo do seu seguro automóvel, além do carro que o futuro segurado possui e assim por diante.

É indispensável que o consumidor efetue uma pesquisa das coberturas que realmente precisam ser contratadas e quais devem ser desconsideradas. Por exemplo: se o segurado comprou um carro zero quilômetro é possível retirar da apólice a assistência 24 horas, já que a maioria das montadoras oferece este serviço gratuitamente no primeiro ano de utilização.

Entretanto, o cálculo é muito variável, como já citado e há simuladores online que podem facilitar a sua vida em relação ao seguro automóvel.

Por que contratar seguro auto?

O seguro automóvel é de extrema importância em relação a diversos fatores.

Ele possui diversos benefícios, os quais iremos ressaltar a seguir. Além disso, o seguro automóvel não só possui benefícios para você, assim como também pode envolver a sua família e amigos.

Por exemplo, há casos em que você pode colocar o nome dos seus familiares no seguro e caso haja problemas futuros, o seguro cobre os valores de danos.

Mas parando de enrolação, veja a seguir os benefícios de se contratar um seguro automóvel:

O especialista Sérgio Barroso de Mello afirma que existe um grande problema em relação a contratação de um seguro, e esse problema está ligado diretamente ao treinamento que os corretores de seguros NÃO recebem, para passarem uma tranquilidade maior aos seus clientes. 

“A falta de profissionais que conhecem seguro com profundidade. Ao longo do tempo a Susep perdeu gente que tinha a memória do seguro, que se aposentou, e não absorveu profissionais com capacidade. Nos concursos são contratados basicamente atuários recém-formados, que nunca trabalharam em uma rotina de seguro, de resseguro ou mesmo junto a um corretor. Além disso falta treinamento. O investimento em treinamento é muito baixo. Com isso, nos últimos dois ou três anos começaram a estabelecer normas que criam padrões. Quando você cria padrão é fácil regular. Você tem uma receita, tudo que está fora dela é penalidade, multa.” Diz.

Vale ressaltar que a contratação de um seguro deve ser muito bem estudada por parte do comprador, assim como verificar se a empresa é idônea e possui transparência e autonomia no mercado de seguros. 

De nada adianta contratar o seguro automóvel mais barato, sem ter as coberturas que você mais necessita caso algo aconteça com o seu veículo. 

Como funciona a franquia do seguro de automóvel?

Antes de começar a falar sobre o sistema de franquias, é de extrema importância ressaltarmos que o sistema de franquia do seguro automóvel é diferente do sistema de franquias de seguro de outras modalidades, como casa e seguro de vida.

Quando se fala em seguro auto, imediatamente pensamos em prêmios e os principais custos que vamos pagar para adquirir o seguro automóvel

Entretanto, quando surge algo inesperado, as vezes é necessário fazer o pagamento da franquia do seguro automóvel, o mais rápido possível. Mas afinal, o que é e para que serve essa franquia?

Antes de tudo, é importante explicar o que é sinistro, que pode se resumir em danos parciais ou integrais a um veículo, isto é, colisões, problemas de incêndio, alagamento e outros.

Esses itens ficam citados nos contratos e dentro da seguradora. Quando requisitados, são expostos e são cobertos pela seguradora.

Portanto, é recomendado contratar os sinistros que vão de acordo com as suas necessidades para evitar futuras frustrações.

Quando um sinistro acontece, o dono do automóvel pode entrar em contato com a seguradora e solicitar ajuda.

Nesse momento, a seguradora irá fazer o pagamento parcial para o conserto do seu automóvel ou irá fazer o pagamento do valor parcial em caso de furto, roubo ou em situações prejudiciais de até 75% (em relação ao automóvel).

Nesse sentido, a franquia de um seguro automóvel nada mais é do que os sinistros que o dono do automóvel não inseriu no contrato, ela é exigida geralmente para cobrir valores parciais, isto é, valores não pagos pela seguradora justamente por não estar inserido.

Por esse motivo que é sempre importante ler o contrato e saber quais custos poderão ajudá-lo caso algo aconteça com o seu carro. 

O que é uma cotação de seguro?

A cotação de um seguro automóvel nada mais é que do a análise do perfil do motorista, dados da região em que ele (a) mora, dados pessoas, como sua idade, estado civil, quantidade de filhos, dados sobre o carro, entre outros.

A análise desses dados ocorre, pois existe uma probabilidade bem maior de um jovem, sem filhos bater o carro mais vezes do que um senhor de idade, com filhos e netos dentro do carro. Esse exemplo pode parecer um pouco hipócrita, já que vemos que milhares de pessoas batem o carro todos os dias, sendo adultos, jovens ou idosos. 

Mas, as estatísticas não mentem e as seguradoras tendem a confiar nelas. 

A partir desses itens, a cotação é feita e o preço do seguro é exaltado. Um plano com alguns sinistros é proposto para o dono do veículo e outros podem ser adicionados, caso seja do interesse do comprador.